O Frio Aumenta o Risco de Infecção Urinária?

inverno.frio.cuidados.grupowp infecção urinaria

A chegada do inverno reacende o alerta de especialistas para os cuidados com o corpo e a saúde. O frio aumenta o risco de infecção urinária, principalmente nas mulheres que, comumente, possuem problemas no aparelho urinário e é necessária uma atenção especial nessa época do ano. Durante o inverno, o risco de desenvolver infecção urinária aumenta de forma significativa. Conforme a Sociedade Brasileira de Urologia, de 50% a 80% das mulheres serão afetadas por esse problema em algum momento da vida, sendo uma patologia considerada normal de três a seis episódios de infecção urinária por ano. No caso dos homens, ao contrário, esse tipo de evento é bem menos frequente.

Na estação mais fria do ano, tomar água ao longo do dia torna-se um hábito muito menos frequente e consequentemente, urinar também. E isso precisa de atenção, pois faz com que a urina fique mais tempo na bexiga, e essa estase aumenta a chance de infecção. Ou seja, um dos primeiros passos para evitar a infecção urinária é ingerir ao menos dois litros de água por dia. O problema é maior nas mulheres, pois no corpo feminino, a uretra é mais curta, favorecendo a ascensão de bactérias para a bexiga. Então, sim, o frio aumenta o risco de infecção urinária.

O que precisamos deixar claro, também, é que nem todas as infecções, no entanto, são causadas por bactérias. Alguns vírus, e até mesmo o estresse, podem prejudicar o trato urinário. Para descobrir a causa e determinar o melhor tratamento, é necessário realizar um exame de urina. Aqui no GRUPO WP – Widal Pacheco – Endocrimeta e Conte, você pode realizar esse exame que é muito importante para sua saúde. 

Principais sintomas de infecção urinária

O risco de contrair uma infecção é maior após uma relação sexual, provavelmente porque a uretra sofre microtraumas — normais durante o sexo – e torna-se vulnerável à instalação de bactérias.

É mais comum também na menopausa, quando diminuem as taxas de estrógeno, hormônio que protege o trato urinário. Geralmente, os sintomas são parecidos em todos os episódios e para a maioria das mulheres, podem incluir: 

Ardência;

Dor ao urinar;

Cheiro forte na urina;

Dor lombar;

Sensação de não conseguir esvaziar a bexiga;

Idas ao banheiro frequentemente com pouca urina e em alguns casos mais graves, pode haver presença de sangue na urina. 

Se você se identifica com algum dos sintomas acima, procure um médico quanto antes. Ele irá orientá-lo a realizar exames, para detectar se há ou não uma infecção urinária e a partir deles, definir o melhor tratamento.

Exames importantes para diagnóstico de infecção urinária 

Exame de urina: Fica pronto em um curto período e analisa a presença de bactérias, o número de leucócitos (células de defesa do organismo) e outros sinais que identifiquem uma possível infecção. É o exame mais adotado para realizar o diagnóstico da infecção urinária; 

Urocultura ou cultura da urina: As bactérias presentes na urina do paciente são cultivadas em laboratório, por aproximadamente três dias. O exame ajuda a identificar qual é a bactéria causadora da infecção e o medicamento correto para tratá-la. 

Além disso, alguns exames de imagens podem ser solicitados caso necessário, conforme a história clínica do paciente e seus sintomas. O tratamento é iniciado logo após o diagnóstico, quando o médico possui todas as informações necessárias sobre o tipo de infecção. Normalmente, o uso de antibióticos receitados de acordo com os resultados, é o suficiente para a recuperação do paciente. Mas tomar alguns cuidados, como falamos anteriormente, é imprescindível para evitar esses episódios, como: manter-se hidratado ingerindo muita água, fazer uma boa higiene íntima com sabonetes adequados, fazer xixi após relações sexuais, evitar roupas íntimas justas, não fumar e beber e nunca, jamais, em hipótese alguma, segurar a urina. 

E então, gostou das dicas? Aqui você pode ler o nosso blog sobre como cuidar ainda mais da sua saúde.

Mantenha seus exames em dia e não esqueça de compartilhar esse assunto com quem você ama. 

Até a próxima, 

Grupo WP – Widal Pacheco, Endocrimeta, Conte. Somos o resultado de uma longa história. 

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

WhatsApp
Telegram
LinkedIn
Facebook
Twitter

Visite as nossas unidades

Copyright © 2023 Grupo WP – Todos os direitos reservados

Copyright © 2023 Grupo WP – Todos os direitos reservados

Scroll to Top